quarta-feira, 22 de janeiro de 2014

Obrigações que convém lembrar


Eu considero uma obrigação colaborar, ou contribuir, na medida do possível, para melhorar aquilo que com alguma pompa poderíamos chamar o nível cultural dos meus concidadãos. Penso que todos temos essa obrigação, sobretudo se estamos metidos num trabalho ligado á criação cultural ou à promoção de valores da cultura. Quando escrevo um livro não estou a pensar que vou melhorar com esse livro o nível cultural dos meus concidadãos, mas quando empreendo uma actividade concreta ligada a um tema cultural estou a pensar que isso vai ter uma utilidade social concreta, sem dúvida nenhuma. Quando estou a escrever não penso em mais nada.


Vasco Graça Moura em entrevista a Ana Sousa Dias, O impaciente europeu, Ler nº131 (Janeiro 2014), p.30.


Sem comentários:

Enviar um comentário