sábado, 25 de janeiro de 2014

Parábola do fariseu e do cobrador de impostos (Lc 18, 9-14)


O que se instala na perfeição
desconhece aquilo que só a indigência
revela

José Tolentino de Mendonça, A papoila e o monge, Assírio & Alvim, 2013, p.61.


Sem comentários:

Enviar um comentário