sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014

Conceito clássico de 'profissão'


Durante séculos, o conceito de profissão esteve confinado, exclusivamente, a três actividades humanas: sacerdócio, prática da medicina e do Direito (Navarro, 2010). No quadro de comunidades em que o religioso assumia preeminência, a vocação tomava um carácter de (divino) chamamento (a uma determinada missão no mundo) que, nas sociedades modernas, se transmutou em serviço, ou desempenho, competente à sociedade. Que tal não seja (indevidamente) traduzido por uma tecnocracia asséptica, a realizar de modo burocrático, é algo que importa sublinhar. 


Sem comentários:

Enviar um comentário