sexta-feira, 7 de fevereiro de 2014

Empatia


Sintonizarmo-nos com os pensamentos e sentimentos dos outros, acolher, com hospitalidade, o seu sofrimento, tomar o ponto de vista do outro, ter, em suma, empatia parece-nos daquelas qualidades sem as quais o nosso modo de vida não mais seria o mesmo.
Um caso particularmente interessante da importância da empatia para o bom desempenho profissional é o da relação dos profissionais de saúde, em particular os médicos, com os seus pacientes. Registe-se, de modo impressivo, como a investigação provou que aqueles médicos que mais processos judiciais tiveram, por via da sua actuação médica, não cometeram mais erros que outros colegas (isentos de chegar à via judicial): foi o tipo de relacionamento - desigual, em estes dois grupos de clínicos - que mantinham com os respectivos pacientes que se manifestou decisivo (Goleman, 2014, p.138).


Sem comentários:

Enviar um comentário