terça-feira, 11 de fevereiro de 2014

Os liberais não existem





“Só pode ser um equívoco”, responde Vítor Gaspar, a fechar a entrevista (ou conjunto de entrevistas), perante uma questão em que Maria João Avillez colocava sectores de direita interessados em ver, um dia, o ex-ministro das Finanças como líder daquela área política. E qual é o equívoco, afinal? “Sou social-democrata”.
Defendo mercados abertos, com certeza, observa Gaspar, mas entendo que “uma sociedade decente” tem que “garantir eficácia às liberdades fundamentais” dos cidadãos.


Sem comentários:

Enviar um comentário