sábado, 1 de fevereiro de 2014

Redes sociais: mitos e realidades (II)


Assim, aquilo que foi possível verificar é que uma esmagadora maioria daqueles que são frequentadores das redes sociais as utilizam para se manterem em contacto com o seu habitual grupo de amigos (offline); isto é, as redes sociais, são o prolongamento, em uma plataforma diferente, das conversas com, genericamente, as mesmas pessoas com quem estamos no café, no restaurante, no trabalho, na escola, na universidade, no teatro ou no cinema. Não se assistiu, pois, à profecia pessimista – diminuição do contacto rosto a rosto, entre as pessoas, em geral, e os mais novos, em especial; nem aos amanhãs cantantes – não se regista o previsto aumento de sociabilidade; antes, o reforço do contacto com aqueles que já eram os nossos próximos.


Sem comentários:

Enviar um comentário