terça-feira, 4 de março de 2014

Indústria do calçado português




Os fabricantes de sapatos, por exemplo, que usam a Portela para enviar pares individuais a clientes de topo, incluindo a família real britânica e celebridades como David Beckham ou Madonna, aumentaram as exportações em 8% no ano passado, tendo atingido um recorde de vendas ao estrangeiro de mais de 1700 milhões de euros. Ao longo dos últimos quatro anos o sector cresceu 28%, com 1700 empresas a exportar 98% da sua produção.
Outrora uma indústria que competia com salários baixos e preços baixos, as empresas de calçado portuguesas transformaram-se investindo em design, tecnologia e imagem de marca.
No mundo dos sapatos, made in Portugal já só fica atrás de made in Italy em termos de prestígio internacional e dos preços de fábrica que alcançam, afirma Jorge Correia, fundador da Helsar, uma firma de calçado sediada no Porto.

Peter Wise, no Financial Times, de 16/02/14, em artigo (re)publicado na edição nº 217, de Março de 2014, pelo Courrier Internacional (edição portuguesa), com tradução de Pedro Cordeiro, p.23.



Sem comentários:

Enviar um comentário