quinta-feira, 17 de abril de 2014

Uma vela à chuva que nunca se apaga





Vejo-o como uma vela à chuva, que nunca se apaga.


Rui Chafes, sobre Jesus Cristo, Entre o Céu e a Terra, p.43.


Sem comentários:

Enviar um comentário