terça-feira, 10 de junho de 2014

Dedicatórias (III)


Na Abertura do seu mais recente livro, Condição humana - sem pecado original (ed.Franciscanas, 2014), Joaquim Carreira das Neves confessa ter ficado muito marcado pela conversa entre George Steiner e António Lobo Antunes, publicada pela LER, em 2011. A partir de um excerto de Steiner, promete conclusões relevantes.


Sem comentários:

Enviar um comentário