quinta-feira, 12 de junho de 2014

Fim do ano lectivo


Nem sempre com a saúde desejada, mas cumprindo integralmente o compromisso. Sem uma única falta, chega ao fim do ano lectivo o professor com a noção do dever cumprido. Sobretudo com os mais velhos, houve momentos muito compensadores. O talento, nas escolas, continua à solta e é um prazer vê-lo em movimento. Dar conta de diferentes dons e premiá-los: nuns casos a regularidade em qualidade; noutros, a perseverança, o esforço, o querer; e, como não?, a interrogação funda e surpreendente, a dissensão, a crítica.


Sem comentários:

Enviar um comentário