domingo, 6 de julho de 2014

Ou


Relembra Cristoph Schonborn, a propósito de um livro de Friedrich von Hardenberg, isto é, Novalis, Cristianismo ou Europa, que a conjunção ou tanto pode ser alternativa como explicativa: dizer Europa podia querer dizer uma opção (outra) face ao Cristianismo; dizer Europa podia querer dizer Cristianismo. A conjunção deve ser usada nos dois sentidos, para explicar a Europa actual, diz Schonborn. Parece, contudo, que a falta de alma, a que se refere Renzi, ou os tambores belicosos - para não escrever bélicos - que se fazem escutar tornam, provavelmente, mais preponderante a versão alternativa da conjunção. Mas é certo: só há alternativa face a algo. E continua a haver vara de medir. O que, por si só, já não é pouco ("a Europa não sobreviverá sem a estranheza conferida pelo Cristianismo", p.15).


Sem comentários:

Enviar um comentário