segunda-feira, 8 de setembro de 2014

"Grandes italianos", ou revisionismos





A edição deste mês da National Geographic dá conta do modo como a figura de Nero vem sendo recuperada por alguma historiografia. Para ilustrar como o imperador vem sendo olhado de modo diverso, nos anos mais recentes, face ao que até esta data sucedia, a revista recolhe declarações do presidente da câmara de Anzio, Luciano Bruschini, que mandou construir uma estátua daquele filho da cidade, inaugurada em 2010, na qual ele diz que os 2 metros de um Nerone jovem e decidido,  a apontar ao horizonte, outrora deus-sol de bronze, são os mais procurados e fotografados da localidade.


Sem comentários:

Enviar um comentário