sexta-feira, 17 de fevereiro de 2017

A Estrada

Resultado de imagem para o filho de saul

A ver O filho de Saul, de Lazlo Némes, e a recordar A estrada, de Cormac McCarthy. A relação pai-filho como um - em ambos os casos, o - recanto de salvação, de redenção, a última esperança, o intocável, o pedaço intacto de um amor do qual não se desiste, a vida por um amor assim, a vida que ainda vale a pena até se cumprir esse toque e proteção, que suprime a morte, quando tudo à volta arde. No meio da vozearia de ódio, da loucura babélica chicoteada em alemão, do schenell, schenell, ao arbeit, arbeit vociferado no meio de fantasmas, as peças que povoam o inferno construído sobre a terra, só há uma palavra de salvação (para Saul): filho.

Sem comentários:

Enviar um comentário