quinta-feira, 13 de abril de 2017

Arca de Noé


Há menos de uma centena de lobos na Alemanha, mas mais de 5 milhões de cães domésticos; há 200 mil lobos selvagens na Terra, enquanto existem 400 milhões de cães domésticos. O mundo é lugar de 40 mil leões, 600 milhões de gatos domésticos, 900000 búfalos africanos, 1500 milhões de vacas domesticadas, 50 milhões de pinguins, 20 mil milhões de galinhas. Desde 1970, "apesar de uma consciência ecológica crescente, as populações de animais selvagens reduziram-se a metade" (p.87). Em 1980, havia 2000 milhões de aves silvestres na Europa. Em 2009, só restavam 1600 milhões. No mesmo ano, os europeus criavam 1900 milhões de galinhas e frangos, para produção de carne e ovos. O homo sapiens "converteu-se no agente de mudança mais importante na ecologia global. Trata-se de um fenómeno sem precedentes. Desde o aparecimento da vida, há uns quatro mil milhões de anos, nunca uma só espécie mudou, por si só, a ecologia global" (p.88). O humano deve temer-se a si mesmo.
Os caçadores-recolectores eram animistas: acreditavam que não existia separação radical (essencial) entre os humanos e os demais animais (p.91). O único momento animista da Bíblia seria o diálogo com a serpente, no Génesis (p.93). Eva, em muitas línguas, significa serpente, sendo que este animal não seria, necessariamente, nosso inimigo, mas ancestral (inclusive) (p.94). A Revolução agrícola deu lugar a uma nova forma de vida na Terra: os animais domesticados.

Por que é que gostamos muito de doces? Tal dever-se-à "a que quando os nossos antepassados da Idade da Pedra encontravam fruta doce ou mel, o mais sensato era comer muita, tão depressa como possível. Por que é que os jovens conduzem de forma temerária, participam em lutas violentas e pirateiam sítios confidenciais da internet? Porque seguem antigas ordens genéticas, que hoje poderão ser inúteis ou até contraproducentes, mas que há setenta mil anos tinham um perfeito sentido evolutivo. Um jovem caçador que arriscava a sua vida para caçar um mamute eclipsava todos os seus competidores e obtinha a mão da beldade local" (p.97).

As emoções não são um exclusivo dos humanos, mas de todos os mamíferos, aves, provavelmente alguns répteis, e até peixes.

"O século XXI estará dominado por algoritmos. É o conceito mais importante do nosso mundo" (p.100) "Um algoritmo é um conjunto metódico de passos que podem empregar-se para fazer cálculos, resolver problemas e alcançar decisões. Um algoritmo não é um cálculo concreto, mas antes o método que se segue quando se faz o cálculo" (p.100)

"Durante a revolução agrícola, a humanidade silenciou animais e plantas, e converteu a grande ópera animista num diálogo entre o homem e os deuses; durante a revolução científica, a humanidade também silenciou os deuses. O mundo passou a ser um espectáculo individual" (p.113)

Em Maio de 2015, a Nova Zelândia tornou-se o primeiro país do mundo a reconhecer legalmente os animais como seres sensíveis (p.141). A Nova Zelândia é habitada por 4,5 milhões de pessoas e 30 milhões de ovelhas.

[Yuval Noah Harari, Homo Deus]

Sem comentários:

Enviar um comentário