quinta-feira, 29 de junho de 2017

Anjo da guarda


O sonho de Gerôncio


Feito está o meu trabalho,/ acabada a minha tarefa./ por isso, vou levá-lo para casa,/ porque a coroa foi vencida,/ aleluia, para a eternidade./O meu Pai/confiou-me/este filho da terra/ desde o seu nascimento/ para o servir e salvar;/ aleluia.
E já está salvo./Este menino de carne/foi-me dado/para o educar e instruir/ com penas e dor/ na via estreita,/ aleluia, desde a terra ao céu.

John Henry Newman



P.S.: poema de 1867. "Newman descreve nele o momento da «passagem da alma», em que aparece a figura angélica que recolhe, abraça e acompanha Gerôncio na transição para a vida eterna, com a morte. O anjo aproxima-se dele e revela-se na função desempenhada relativamente a quem lhe foi confiado por Deus, declarando que tudo foi cumprido. Gerôncio pode, pois, passar felizmente da Terra ao Céu" (Renzo Lavatori, p.38) 

Sem comentários:

Enviar um comentário