sexta-feira, 28 de julho de 2017

Aprender ao mesmo tempo que se ensina. A ligação paixão-conhecimento


Foi sempre assim que eu gostei de ensinar, experimentando, procurando caminhos que pusessem as coisas a mexer, por onde o conhecimento pudesse avançar...O fundamental é isso, temos de aprender ao mesmo tempo que ensinamos. Para mim, ensinar é, acima de tudo, fazer as pessoas gostarem daquilo que nós gostamos, apaixonarem-se por aquilo que nós estamos apaixonados, pelas ideias que temos, pelos conhecimentos que partilhamos. O conhecimento e a paixão estão sempre ligados, sabemo-lo bem desde Aristóteles.

Manuel Maria Carrilho, entrevistado por José Jorge Letria, no livro Ser contemporâneo do seu tempo, Guerra e Paz, Lisboa, 2017, p.42

Sem comentários:

Enviar um comentário