terça-feira, 25 de julho de 2017

Comunidade


Ler: Qual a razão desta visão tão negativa sobre a família?

Paolo Cognetti: [Risos] Esta é difícil. De certa maneira, é também uma questão política. A mim faz-me falta o sentido de comunidade, de uma vida política num determinado lugar, nas nossas cidades, nos nossos bairros, nos nossos locais de trabalho. Penso que só existem famílias, casais, o amor, pais e filhos, e menos amigos e companheiros, e sinto falta disso, de um tempo em que as relações fora do círculo familiar eram tão importantes, de forma a construir coisas nas nossas cidades, nos nossos países.

Paolo Cognetti, entrevistado por Bruno Vieira AmaralLer nº.146, Verão 2017, Vejo a amizade masculina como algo verdadeiramente puro, pp.45-46.

Sem comentários:

Enviar um comentário