domingo, 23 de julho de 2017

Timor - eleições


Resultado de imagem para bandeira de Timor

Vinte partidos em disputa, numa sociedade de 1,2 milhões de habitantes. A grande maioria, de acordo quanto aos principais objectivos a prosseguir no e pelo país. Uma boa percentagem da população identifica o problema das vias de comunicação (estradas) como constrangimento a solucionar. 90% das receitas do Estado advêm do petróleo. As reservas deste, porém, esgotar-se-ão em 10 anos. Cumpre diversificar as fontes de receita, sendo o café uma opção fundamental, num país ainda muito rural. Há 15% de desemprego jovem, e muita gente nova vai trabalhar para a Coreia do Sul ou a Austrália. 16 mil milhões de dólares foi quanto rendeu o petróleo na última década, ainda que uma acção judicial contra a Austrália esteja por decidir. São as personalidades (homens da resistência timorense) a catalisar os votos, mais do que os programas eleitorais o que coloca em dúvida a consolidação do sistema partidário. Assim, Timor - visto pelas páginas do Público - que continuamos a acompanhar na sua fase de emancipação e desafios económicos crescentes.

Sem comentários:

Enviar um comentário