segunda-feira, 24 de julho de 2017

Universia (II)


Depois, há ainda um terceiro ponto: devem construir hoje os seus curricula não como eu o fiz e como se fazia, muito monolíticos, mas diversificados. Se existe uma licenciatura, se existe um mestrado e se existe um doutoramento, se fosse hoje, eu faria em diferentes àreas, por muito que elas pudessem ser convergentes. E fiz assim no meu percurso. A certa altura, abri-me a criar outros cursos: além do simples mestrado em História e História da Idade Média, passámos a ter, também, Política Cultural Autárquica. Dei a minha colaboração no mestrado de alimentação e ainda comecei a dar no doutoramento. E, de base, eu própria tinha tirado outro curso, o de bibliotecários e arquivistas. E também tinha feito as cadeiras da educação. Portanto, não afunilar os curricula, mas alargá-los com diversas ferramentas. Depois dessa formação é que será tempo de ver para que tendência irão pender

Maria Helena da Cruz Coelho, sobre conselhos a dar a quem se predisponha, hoje, a trabalhar em História, em entrevista a Pedro Olavo SimõesHistória - JN, nº8, Junho 2017, p.79 

Sem comentários:

Enviar um comentário