domingo, 13 de agosto de 2017

Por uma sabedoria (III)


Resultado de imagem para parábola dos talentos

Sim, o fracasso e o êxito andam de mãos dadas. Jesus narrou a parábola dos talentos (cf. Mateus 25, 14-39). Os dois primeiros servos atrevem-se a duplicar os seus talentos. O terceiro quer evitar qualquer erro, e enterra-o. Experimenta, depois, que com a sua angústia e com a sua ideia de segurança apronta para si choro e ranger de dentes. Os dois primeiros servos não são recompensados por terem êxito, mas porque arriscaram alguma coisa. Quando ouso alguma coisa, exponho-me também sempre ao risco do malogro.

Anselm Grun, no livro com Andrea J.Larson, Diz lá, Tio Willi, Paulinas, 2017, p.53

Sem comentários:

Enviar um comentário