quarta-feira, 9 de maio de 2018

"E nós, o que pensamos disto?"


Big Brother

Polícias do cérebro

Projectos com apoio estatal estão a recolher dados dos cérebros dos trabalhadores a uma escala industrial. Dito assim, parece que é o pesadelo de George Orwell no século XXI. Mas é uma realidade na China, segundo o South China Morning Post, que dá conta da monitorização em massa através de leitura cerebral que está a ser aplicada a empregados fabris, funcionários públicos e militares. O sistema usa sensores e visa reconhecer picos de stresse, depressão, ansiedade ou raiva. Ao pé disto, o "Facebook leak" é brincadeira: não se monitoriza apenas o que fazemos mas também o que sentimos. 


Economia

"Taxa google" para pagar pensões? 

O novo Plano de Estabilidade espanhol prevê uma medida para fazer face ao aumento da despesa com as reformas: um imposto aplicado às empresas digitais que ficou conhecido na Europa como a "taxa Google". Quem a defende diz serem muito mais baixos os impostos que as gigantes tecnológicas pagam face às empresas tradicionais, mas, a nível europeu, a taxa não é consensual. Opositores ferozes são a Irlanda e o Luxemburgo com práticas fiscais agressivas para atrair multinacionais. Está aberta a porta para uma discussão que, provavelmente, se estenderá a Portugal. E nós por cá, que vamos receber a Google, o que pensamos disto?

Mafalda Anjos, Pontos da semana, Visão, 3 de Maio de 2018, p.25

Sem comentários:

Enviar um comentário