segunda-feira, 16 de julho de 2018

Experiências radicais


No GPS que passou na RTP a 8 de Julho vale a pena seguir nos últimos 15 minutos (sensivelmente) a colunista, de décadas, do Finantial Times, a abdicar do seu conforto de guru de CEO e outros executivos, de aceder à grande mesa dos senhores dos negócios, e decidir dar aulas de Matemática a adolescentes, em nova profissão/desafio: muito interessante quer a exposição da dificuldade que há em dar aulas - convocar e controlar todas as atenções e desatenções  motivar, conseguir lidar com as diversas singularidades presentes numa sala de aula e o diferente modo como reagem a estímulos diferentes; dificuldades, especialmente relevantes, em quem experienciou o top de uma dada profissão, seguida por gente especialmente poderosa, o jornalismo económico de referência (mundial)  -, quer o modelo britânico, sem reuniões (ainda que muito directivo e pouco democrático), centrado no "dar aulas" e a comparação com a asfixia monumental e o número de reuniões para o Guiness - com records sucessivos - que se verifica em Portugal. 

Sem comentários:

Enviar um comentário